2

Pitacos sobre a 6ª rodada do Brasileirão - Quarta-feira

O Atlético Paranaense ressussitou das suas próprias cinzas e venceu o Botafogo por 3 a 2 na Arena da Baixada. O time carioca começou abrindo uma vantagem de 2 a 0, com Herrera e Lúcio Flávio. E a história de Vasco e Internacional se repetiu. Empolgado com a torcida e com a expulsão de um adversário o time da casa conseguiu a virada. O Furacão contou com seus 'vovôs' para vencer. Paulo Baier e Alex Mineiro fizeram os gols do time da baixada.

No Maracanã, o Flu venceu o vitória por 2 a 1. A equipe comandada por Muricy Ramalho dominou a primeira etapa, jogando muito pelas laterais, principalmente com Carlinhos, que foi quem criou a jogada para o gol de Fred. Esse era o típico jogo de matar no primeiro tempo, entretanto, o tricolor não conseguiu e acabou sendo pressionado na etapa final e tomando um gol, de Jonas. Sorte que Alan sempre está na hora e no lugar certo. O garoto fez o gol da vitória tricolor aos 42.

Classificação atualizada do Brasileirão

Criando e jogando melhor, o Grêmio Prudente bateu o Atlético Goianiense por 1 a 0 no Prudentão. O único gol do jogo foi marcado por Tadeu, em uma cobrança de falta perfeita. O Prudente é mesmo um time caseiro, e precisa tirar esse rótulo. Domingo terá mais uma chance contra o Guarani em Campinas. Já o Atlético, lanterna da competição, já está a 4 pontos do 19º colocado. Os números falam.

A vítima da vez foi o Avaí. O Ceará venceu o time catarinense por 2 a 0 no Castelão . O Vozão dominou a partida inteira. Misael e Lopes fizeram os gols. E como joga bem esse Misael, tem muita velocidade e seus dribles curtos são desconcertantes. O Ceará comemora seus 96 anos na liderança(provisória) do campeonato brasileiro. Parabéns Vozão!

Como eu falei nos 'palpites', o jogo cheio de tradição não teve muitas emoções. O jogo teve zilhões de passes errados, ou seja, jogo de meio-campo, perde-ganha chato, jogadas sem continuidade, etc. E quem diria, quem deu a vitória para o Flamengo sobre o Palmeiras foi Vágner Love em um belo gol, justamente quem a torcida alvi-verde vaiou e chegou a agredir ano passado. São coisas do futebol.

A surpresa do dia ficou na virada do Goiás sobre o São Paulo, que jogou muito bem o primeiro tempo, abrindo o placar em cobrança de falta de Marcelinho Paraíba. O time goiano empatou com Bernardo, cobrando penalti e virou nos minutos finais da partida com Jonílson. Esse é outro típico jogo em que esses pontos podem fazer falta no final para o tricolor, que mereceu perder pela sonolência no segundo tempo.

Eu esperava mais, você esperava mais, todos esperavam mais. Cruzeiro e Santos empataram por 0 a 0 em um jogo chato no Mineirão. Dois dos melhores ataques do Brasil não conseguiram passar por duas defesas lentas. Se bem que o Cruzeiro jogou com 4 volantes, tendo Roger no banco e jogando em casa. Deu no que deu né Adilson Batista? A Raposa tem que acordar, porque a Libertadores já acabou, enquanto o Peixe está apostando tudo na final da Copa do Brasil, porém, não pode se esquecer que enfrenta o bom time do Vitória na decisão.

O jogo marcou a saída de Adílson Batista, que pediu demissão, não suportando a pressão imposta pela torcida. Seu destino pode ser o Palmeiras ou o Internacional.


2 comentários:

Marcos Lucas comentou:

Hoje tem o jogo que interessa. Vascão x Guarani. Amanhã você escreve sobre a goleada do Vasco.

3 de junho de 2010 13:49
Wellington Holanda comentou:

Neymar mais uma vez desaparecido.
E outra, vairam tanto o Vagnerlove no Palestra Itália e no final pagaram com a própria boca... É por isso que eu sou Fã desse campeonato.

4 de junho de 2010 13:07

Postar um comentário