1

Messi decide Brasil e Argentina

Venceu quem tem a individualidade, venceu quem tem poder de decisão, venceu quem tem Messi. O melhor jogador do mundo atualmente fez o gol que decidiu o maior clássico mundial, Brasil e Argentina. Quando todos esperavam o fim de um jogo morno, sem muitas chances claras de gol, Douglas errou no meio-campo e a zaga não conseguiu parar Lionel Messi.

O empate era sim o resultado mais justo na partida, já que em nenhum momento alguma das duas equipes teve um domínio da partida. O Brasil teve as melhores chances, com Daniel Alves chutando no travessão e Ronaldinho Gaúcho de calcanhar, esse teve uma atuação mediana, deu bons lançamentos mas cansou e pouco se movimentou. O que realmente prejudicou o setor ofensivo da seleção foi a forma como Mano escalou 3 atacantes - Neymar, Robinho e o próprio Gaúcho - de velocidade e quase sempre armação das jogadas. Faltava um centro-avante.

Já na defesa, o Brasil se postou bem, roubando muitas bolas, não deixando Lionel Messi fazer muita coisa. No primeiro tempo em boa troca de passes ele mostrou a razão de ser sempre uma preocupação, dando uma paulada que ainda tocou na trave antes de ir embora. Aos 46, numa besteira de Douglas, estreante na seleção, Messi pegou a bola e levou, driblou, e chutou para balançar as redes brasileiras e decretar o placar final.

#Recomendo:

Colmeia , Minimizando e Sussegado.

Vote no OCIOSO no prêmio BMD, clicando aqui.

1 comentários:

Í.ta** comentou:

também acho que o jogo foi decidido por aquele que está lá para decidir: o craque.

grande abraço!

18 de novembro de 2010 13:09

Postar um comentário