1

Cerimônia oficializa unificação dos títulos nacionais

A novela se arrastou por algum tempo, mas nesta quarta-feira a CBF anunciou a unificação dos títulos nacionais. Depois do anúncio na site oficial, a entidade promoveu uma cerimônia no Itanhangá Golfe Clube, no Rio de Janeiro, onde estiveram presentes os representantes dos seis clubes beneficiados com a decisão. A partir de agora, a Taça Brasil e o Torneio Roberto Gomes Pedrosa, que foram realizados de 1959 a 1970, ganham status de Campeonatos Brasileiros.


Santos e Palmeiras passam a ser os maiores campeões nacionais, com oito títulos. O Fluminense agora é tricampeão, enquanto Cruzeiro, Botafogo e Bahia são bicampeões. No evento, os presidentes dos clubes campeões receberam taças e faixas para cada competição ganha.

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, aproveitou a oportunidade para dar congratulações aos campeões.
— A CBF toma uma decisão histórica, que reconhece um passado glorioso do campeonato brasileiro e não faz nenhum tipo e favor aos clubes. Está passando a limpo um passado com inúmeros jogadores que brilharam no futebol brasileiro. O reconhecimento teria que vir inegavelmente da nossa parte e essa hora chegou. Tenho orgulho em parabenizar Santos, Palmeiras, Bahia, Cruzeiro, Fluminense e Botafogo como legítimos campeões brasileiros que foram — discursou o cartola.

Entusiasta da decisão da CBF, o ex-presidente da Fifa e da CBD, João Havelange, também se mostrou feliz com a unificação.
— Recordar é viver. A unificação é para respeitar aqueles que tiveram a responsabilidade da vitória e dar a quem é de direito os títulos que obtiveram. Representam os jogadores o meu querido Pelé e me toca profundamente este momento. Creio que valeu a pena o tempo em que passei na CBD, não posso deixar de dizer que me sinto feliz — afirmou Havelange.

Ao final, Pelé, que agora é o maior vencedor de Brasileiros, com seis conquistas, foi mais uma vez homenageado.
— É uma honra muito grande estar aqui. Jogar antigamente era um heroísmo, porque não tínhamos as condições de hoje. Era preciso ir para a África, Ásia, para saber que existia o Pelé. Estou aqui nome de todos aqueles que passaram pelo Santos e quero que os jovens saibam disso — finalizando com uma paródia do hino santista.

Veja como fica:

- 8 títulos
Palmeiras (1960, 1967, 1967, 1969, 1972, 1973, 1993 e 1994)
Santos 1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968, 2002 e 2004)

- 6 títulos
São Paulo (1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008)
Flamengo (1980, 1982, 1983, 1987, 1992 e 2009

- 4 títulos
Corinthians (1990, 1998, 1999 e 2005)
Vasco 1974, 1989, 1997 e 2000)

- 3 títulos
Fluminense (1970, 1984 e 2010)
Internacional (1975, 1976 e 1979)

- 2 títulos
Bahia (1959 e 1988)
Botafogo (1968 e 1995)
Cruzeiro(1966 e 2003)
Grêmio (1981 e 1996)

- 1 título
Atlético-MG (1971)
Atlético-PR (2001)
Coritiba (1985)
Guarani (1978)

Veja os títulos validados:

Taça Brasil
1959 – Bahia
1960 – Palmeiras
1961 – Santos
1962 – Santos
1963 – Santos
1964 – Santos
1965 – Santos
1966 – Cruzeiro
1967 – Palmeiras
1968 – Botafogo

Torneio Roberto Gomes Pedrosa / Taça de Prata
1967 – Palmeiras
1968 – Santos
1969 – Palmeiras
1970 – Fluminense

Fonte: Lancenet!

1 comentários:

Í.ta** comentou:

às vezes eu sinto falta de um texto de opinião aqui no blog. porque essas informações a gente acha nos portais na net e afins.

e faltou um detalhe ali: a cbf reiterou que o fla não é campeão de 87. como se isso fosse novidade mesmo... e como se alguém ainda a levasse a sério...

abraços.

23 de dezembro de 2010 11:02

Postar um comentário