1

De virada, Inter ganha na Libertadores.

Em um jogo corrido, pegado, contra um adversário que fechou os espaços e marcou forte, o Inter encontrou dificuldades para abrir o marcador. Um Emelec obediente taticamente e com jogadores rápidos e fortes tentou ditar o ritmo de jogo mas esbarrou na força do colorado.
O novo esquema do técnico uruguaio Jorge Fossati, 3-5-2, obriga a participação dos laterais na armação das jogadas, já que o time possui só um armador, no caso Giuliano. E aconteceu somente pela parte de Nei, no lado direito, porém, errou muito na hora do último passe. Assim o Inter no primeiro tempo pouco concluiu.
No início segundo tempo, o colorado levou o gol em falha defensiva, pane geral e 1 a 0 no placar. Mas a vantagem equatoriana durou pouco, apenas 4 minutos. Nei fez um golaço, um chute espetacular de fora da área,aos 7', aí o Beira-rio inflamou, 40 mil torcedores fizeram uma linda festa em baixo de forte chuva em Porto Alegre.
Com a entrada de Walter, Taison e Andrezinho, o time começou a atacar mais, mas esbarrava na forte marcação do time visitante.
Até que nos 43, após boa jogada de Andrezinho, Walter recebeu livre na área, e apenas escorou para Alecsandro, tão contestado pela torcida, fazer o gol da vitória. O atacante vai fazendo o que propôs, calar a bocas de críticos com gols.
Pela primeira vez, o Internacional ganha em uma estréia da Libertadores e dá o primeiro passo em busca do Bi da América.

Por: Caetano Lorenzetti.

1 comentários:

Jefinho comentou:

O Inter vai ser o campeão da LA 2010, quando voltar o D´alessandro então, ninguém segura o rolo compressor.

24 de fevereiro de 2010 15:16

Postar um comentário