1

Flamengo vence primeira batalha na Guerra das Nações

O Flamengo vence a primeira batalha mas não a guerra. Com gol de seu Imperador, o time carioca tem a vantagem para o dia D na próxima quarta.

O protagonista do jogo foi o fenômeno. Não o Ronaldo, mas sim a chuva. Ela caiu em todo o primeiro tempo e atrapalhou o espetáculo, o jogo foi muito brigado no meio-campo.

O Flamengo dominava as ações em busca do gol, mas foi atrapalhado por dois cartões amarelos que se transformaram em expulsão. Aos 36 minutos, Michael entrou mais forte em divida no meio de campo e foi para o chuveiro mais cedo.

Com a chuva dando uma paradinha, o jogo voltou melhor no segundo tempo e o Flamengo também. Juan quase fez, bateu falta que explodiu na trave.

O Flamengo parecia não sentir a inferioridade no número de jogadores e mais uma vez, Juan decidiu aparecer. Pela esquerda, o lateral entrou dentro da área e foi atropelado por Moacir. Penalidade marcada e era o momento do Imperador. Em busca da redenção pela cobrança perdida na decisão da Taça Rio, Adriano pegou a bola e colocou no canto esquerdo de Julio Cesar, que escolheu o lado errado. Aos 21 minutos, explodia a torcida do Fla, enquanto o atacante comemorava contido.

Adriano quase fez mais um, de cabeça, aos 33, mas Júlio Cesar salvou o Corinthians, espalmou a bola que ainda encontrou a trave.

A batalha final é na próxima quarta, se o Flamengo fizer um em território inimigo, a tropa corinthiana pode se complicar, esta, precisa de uma vitória de 2 gols de diferença para se classificar.

1 comentários:

Dave. comentou:

Ri muito em uma jogada que Ronaldo recebeu na entrada da grande área e ficou tentando fazer pose até que o "carinha" do Flamengo só veio e roubou a bola. Mesmo assim vou torcer para o Corinthians vencer na próxima.

29 de abril de 2010 16:35

Postar um comentário